Vanderlan propõe criação de distritos industriais em Goiânia a jovens empresários

O candidato à Prefeitura de Goiânia da Coligação Uma Nova Goiânia, Vanderlan Cardoso (PSB), firmou nesta terça-feira (23/8) compromissos com o empreendedorismo durante uma sabatina realizada com representantes de jovens empresários.
O documento foi elaborado pelo Fórum de Jovens Lideranças Empresariais de Goiás e enfoca diversas ações propostas ao poder público municipal, como a criação de uma estrutura administrativa de fomento à economia criativa e a abertura de canais de diálogo permanentes com o setor produtivo. Antes da assinatura, houve uma discussão sobre o papel do município no fomento ao desenvolvimento econômico e ao empreendedorismo. O candidato relatou que há uma verdadeira guerra entre as cidades brasileiras pela atração de empresas e investimentos e que é necessário adotar uma política agressiva de incentivos. De acordo com Vanderlan, o prefeito precisa ser ousado e criativo para estimular o desenvolvimento da cidade. Um dos principais projetos do prefeitável é acelerar a economia de Goiânia, criando polos regionais de desenvolvimento que aproveitem as vocações de cada área. Vanderlan ressaltou, ainda, a importância da aliança com o governo do Estado para o projeto de desenvolvimento da cidade, por meio do estabelecimento de parcerias. “Não existe isso de fazer sozinho! A cidade foi punida durante anos por conta dos descompassos entre forças políticas antagônicas no governo e na prefeitura. É uma politica arcaica, feita com o fígado! Quantos viadutos poderiam ter sido construídos em Goiânia com parcerias; se não fosse a politicagem?”, questionou. Vanderlan alertou ainda para a perda na participação da partilha de tributos que Goiânia vem sofrendo em relação a outras cidades do Estado. De acordo com ele, a cidade abriu mão de empresas em nome de um projeto que valorizou a prestação de serviços, o que prejudicou a capital. “No passado, de cada 100 arrecadados no Estado, Goiânia participava com 30. Hoje está em torno de 16. Em 10 anos serão 12; em 20 anos, cairão para 9, iniciando um processo de favelização na cidade”, argumentou o candidato. fonte: Jornal Opção

Dúvidas? fale conosco

A AJE Goiânia, esta aqui para receber sua sugestão, dúvida ou lhe auxiliar. Utilize o formulário abaixo para nos enviar uma mensagem. Se preferir, mande direto para o contato@ajegoiania.com.br