Delegado Waldir ressalta independência de sua candidatura

Delegado Waldir (PR), candidato à prefeitura de Goiânia, participou da reunião na manhã de hoje com o Fórum de Jovens Lideranças Empresariais de Goiás. Ao falar com a imprensa, ele ressaltou que está na campanha de forma “totalmente independente” e não tem compromissos com partidos para uma futura gestão na capital. “Estou me comprometendo a mudar. Delegado Waldir é independente, claro, que fala o que pensa e age dessa forma”, e continuou: “Eu tenho a oferecer par ao cidadão que mora em Goiânia a minha coragem, minha ousadia, a minha honestidade”.
Ele reiterou que seu pouco tempo de campanha na rádio e televisão, 50 segundos, é consequência de seu jeito de fazer política e por não ter nada para oferecer a aliados. O republicando criticou os demais candidatos, que segundo ele, já tiveram oportunidade de administrar Goiânia e “acabaram com a cidade”. Delegado Waldir também comentou que a Operação Decantação, deflagrada ontem pela Polícia Federal, ajuda o povo goiano, e avisou que mais um escândalo político está por vir, dessa vez em relação a gestão municipal de Goiânia: “Temos uma questão gravíssima, vocês vão ver daqui uns dias um escândalo muito grande em Goiânia na área imobiliária. A Cei da pasta já mencionou algumas linhas”. Ele ainda confirmou que esse possível escândalo poderá atingir candidatos à prefeitura da capital. Armado Questionado se continuaria a fazer suas tarefas de campanha armado, Delegado Waldir disse que não poderia sem diferente já que é delegado de polícia e faz suas caminhadas sozinho: “O padre e o pastor anda sem a bíblia? O juiz anda sem a caneta? As pessoas não podem se esquecer e eu me orgulho de ser o Delegado Waldir, o que mais prendeu bandido em Goiás nos últimos 16 anos. Eu faço minhas caminhadas sozinhas, quem vai cuidar da minha vida?”. Ele disse não querer contratar “um batalhão de gente” para estar atrás deles nas ações de rua e que por isso tem que manter sua segurança “para poder assumir a prefeitura no dia primeiro de janeiro”. O candidato também pediu para que as pessoas parem de dar importância a esse assunto e se preocupem em falar apenas das propostas que ele tem mostrado para a cidade. Apoio O candidato republicano estava acompanhado do deputado estadual Virmondes Cruvinel (PPS), que é de um partido que apóia a candidatura de Vanderlan Cardoso (PSB) mas que tem a mãe, Rose Cruvinel, com vice de Waldir. O deputado disse que apóia Waldir não apenas pela questão familiar, mas também porque acredita na responsabilidade que o candidato tem com Goiânia. Virmondes disse que a estratégia da coligação é buscar o maior tempo possível com a população, e que por isso Rose e Waldir dividem as tarefas da chapa. “O grande objetivo e estratégia feitos pela aliança é busca estender ao máximo aqui em Goiânia a oportunidade de conversar com o máximo de pessoas”, finalizou. Fonte: Diário do Estado

Dúvidas? fale conosco

A AJE Goiânia, esta aqui para receber sua sugestão, dúvida ou lhe auxiliar. Utilize o formulário abaixo para nos enviar uma mensagem. Se preferir, mande direto para o contato@ajegoiania.com.br